12 de mai de 2013

Feliz Dia das Mães

“Deus não pode estar em todos os lugares e por isso fez as mães.”

Hoje sendo um dia mega especial, resolvi fazer essa postagem dedicada a pessoa mais importante das nossas vidas, a "nossa" MÃE, pois não seriamos nada sem ela, e muitos dos personagens de animes que amamos também não seriam nada sem as mães deles!

Mãe, tu és a única pessoa do mundo que sempre está presente de forma incondicional. Se te rejeito, me perdoas. Se me equivoco, me acolhes. Se meus amigos não me acolhem, me abres uma porta. Se estou feliz, celebras comigo. Se estou triste, não sorris até me fazer rir. Mãe, obrigado por seres minha amiga incondicional.
MÃES NOS ANIMES
A mãe representa um laço firme com o filho, já que foi ela que carregou ele no ventre. Não devemos diminuir a importância do pai, mas a mãe sempre teve uma importância mais simbólica para os filhos. Representada em grande parte pela ternura, responsabilidade e criação, a mãe de fato é uma presença muito importante para qualquer um.
Vale lembrar que a mãe não é só aquela que gera o bebê, mas sim uma pessoa que cuida, cria e dá atenção a qualquer criança. Assim tia, avó, madrinha, amiga dos pais, qualquer uma pode ser considerada uma mãe, especialmente para os olhos de quem foi criado por ela. Dessa forma, devemos recordar que a data do Dia das Mães não deve valorizar apenas as mães biológicas, mas sim qualquer uma que foi importante desde o berço de qualquer um.
“Mãe é tudo igual”, todas elas possuem o mesmo amor e dedicação aos filhos, porém cada uma se expressa de forma diferente.

Segue abaixo os tipos de mães mais comuns nos anime.

MÃE QUE AMADURECE
Esse tipo de mãe enfrenta uma difícil situação, pois necessita se tornar uma pessoa mais responsável para poder cuidar de uma criança, se conscientizando de que a criação da criança é algo de extrema importância. As mães desse tipo costumam enfrentar muitos desafios, pois é necessário reinventar suas vidas, suas formas de pensarem e de agirem, mas, o desafio costuma ser pior, para aquelas que não possuem nenhum vínculo sanguíneo com a criança.
EXEMPLOS
Kyoko Honda (Fruits Basket)

Mãe da Tohru, morreu atropelada. Quando jovem era uma delinquente muito conhecida entre as gangues (a "Borboleta Escarlate). Era assim por causa dos conflitos que vivia em casa. Conheceu Katsuya na escola, ele era um professor estagiario que a ajudou a superar seus problemas. Para abandonar a gangue ela foi muito machucada e permaneceu inconsiente por vários dias, perdendo o exame para o colegial é por isso que queria tanto que Tohru completasse os estudos. Se casou com Katsuya após ser espulsa de casa, isso acontece logo que ela sai do hospital. Depois que Katsuya morreu ela entrou em depressão e quase se suicidou, mas então lembrou-se de Tohru e voltou para casa. Conheceu Kyo quando ele era criança, mas devido a uma birra de Kyo eles perderam o contato e nunca mais se viram.

Akane Fujisaki (Sket Dance)

Mãe adotiva de Bossun.

Momoko Shigeno (Major) 

É a mãe adotiva de Goro. Ela era professora de Goro no jardim, e se envolveu com o pai dele. Ela estava noiva mas Honda morreu, e ela pediu para ficar com Goro. Anos depois se casou com Shigeno, e tiveram Shingo e Chiharu.

Mito-san (Hunter x Hunter)

É a "mãe" de Gon no anime HunerxHunter, ela o ama e cuida muito bem dele. Claro que mãe não é somente quem dá a luz, mas sim aquela que quer sempre o melhor para seu ente querido.

MÃE QUE SACRIFICA
Uma mãe pode estar ausente, ou não ter participado mais da criação dos filhos, mas isso não significa que ela não se importa com eles. O sacrifício de uma vida significa o quanto ela se importa com os filhos. Assim, tal sacrifício mostra o desejo dela de demonstrar que eles continuem suas vidas, tendo fé e esperança e que eles tenham um futuro melhor e mais feliz.
EXEMPLOS
Nico Olvia (One Piece)

Ela era uma arqueóloga de Ohara, que trabalhava com uma equipe de eruditos na “Árvore do Conhecimento” em um estúdio ilegal dos Poneglyphs. Deixou sua filha de dois anos em Ohara para ir com 33 eruditos estudar os Poneglyphs, os quais mais tarde foram assassinados pela Marinha, e ela seria capturada. Era muito ligada com sua filha, Robin, e a decisão de partir a deixou muito triste. Entretanto, ela não perdeu as esperanças e quis ficar para trás durante a queima da Árvore do Conhecimento para salvar os livros, enquanto mandava Robin para longe com Saulo, para poder lhe dar uma chance de viver e descobrir a verdadeira história.

Uzumaki Kushina (Naruto) 

Apesar de seu comportamento calmo e gentil, ela ainda tinha um temperamento leve e poderia se lançar nos outros, às vezes. Ela também era muito destemida, como sua amiga Mikoto ficou um pouco surpresa quando Kushina mostrou ansiedade sobre as dores do parto. Ela amava o marido e o recém nascido muito profundamente e não tinha medo de sacrificar sua vida para parar a Kyūbi mesmo jogando-se entre o animal e seu filho quando ele tentou atacá-lo.

Bellemere (One Piece) 

Não é a mãe biológica, mas achou ela ainda bebê que estava abandonada e cuidou dela a ter sua morte..

MÃE QUE DÁ SAUDADES
Esse tipo de mãe, é para aqueles a qual a perdeu....Sendo que a essa saudade pode ser "demonstrada" de maneiras diferentes, conforme o gosto ou personalidade do personagem. Alguns filhos agem de forma triste, outros se conformam e continuam com as suas vidas, mas sempre fica aquele sentimento de querer revê-la e matar a vontade de falar, conversar com ela e curtir os momentos felizes que foram compartilhados.

EXEMPLOS
Trisha Elric (FullMetal Alchemist)

Essa é a melhor mãe de todas, pois criou seus filhos sozinha, depois que seu marido saiu de casa e nunca mais voltou (mesmo assim ela ainda tinha esperança que o mesmo voltasse). Os irmãos Elric fizeram a maior prova de amor (mesmo que irresponsável) que um filho poderia fazer, tentaram trazer sua mãe de volta à vida, mas infelizmente isso não deu certo e acabaram perdendo partes de seus corpos ou ele por completo.

.Portgas D. Rouge (One Piece) 

Uma mulher linda, que teve relações com Gold Roger - o rei dos piratas. Apesar dos pesares, Ace nunca conheceu a sua mãe. Isso aconteceu poque antes dele nascer, ele já tinha a cabeça a prêmio, por ser filho do rei dos piratas. Como mãe ela quiz proteger o filho, ela fez algo impossível: manteve o bebê por 20 meses na barriga, aguentando as mais diversas dores para que seu filho pudesse nascer em segurança. Isso mesmo que vocÊ leu: 20 meses!! Imaginem aí... se 9 meses já é difícil, imagine manter o filho na barriga por 20 meses... Ela morreu após dar luz à Ace, uma incrivel mulher.

Masaki Kurosaki (Bleach)

Cuidava muito do Ichigo quando ele era pequeno. Protegeu ele até o fim da sua vida, ela foi morta por um hollow, que queria matar o Ichigo, só que ela salvou ele...

Nadeshiko Kinomoto (Card Captors Sakura)

É a mãe de Sakura Kinomoto e Touya Kinomoto, que foi casada com Fujitaka. Nadeshiko aparece apenas em memória e espírito (literalmente) na série, pois ela morreu quando tinha 27 anos, e Sakura tinha apenas três.

MÃE GENTIL
A mãe gentil é aquela que atende os desejos dos filhos, e não se percebe qualquer outro tipo de alteração de humor. Se está brava, se tem preocupações sérias, muitas vezes não deixa transparecer isso. Chora quando pode, mas mantém uma postura mais rígida e deixa transparecer ternura. É uma mãe madura, e tenta lidar com a criação da melhor forma possível, sem querer preocupar seus filhos.
EXEMPLOS
Delia Ketchum (Pokémon) 

Essa é a mãe mais liberal do mundo dos animes, pois não vê problema em deixar seu filho de dez anos viajar pelo mundo, enquanto ela fica fazendo faxina com o Mr Mime e costurando a roupa que Ash usará na próxima temporada.

Sanae Furukawa (Clannad) 

É a doce mãe de Nagisa. Ela adora inventar todo o tipo de pães, mas infelizmente quase todos correm muito mal e as pessoas nunca comprem pois as combinações que Sanae põe nesses pães são extremistas xD. No inicio do anime quando Tomoya vê pela primeira vez Sanae ele pensa que ela é irmã de Nagisa, aliás a maior parte das personagens sempre que vêem Sanae pela primeira vez pensam tudo menos que é mãe de Nagisa. Como Akio, Sanae tambem teve de deixar a sua carreira como professora devido á fragil saúde de Nagisa. Agora para além de correr a chorar pelos os comentários do seu pão pelo o marido, se constantemente confundida como irmã mais velha de Nagisa, ela dá aulas particulares em casa com as crianças da vizinhança. Na segunda temporada, Clannad AS Sanae representa um importante papel na gravidez de risco de Nagisa, estando sempre com ela caso aconteça alguma coisa enquanto Tomoya está a trabalhar.

Nana Sawada (Katekyo Hitman Reborn) 

Mãe de Tsuna e esposa de Iemitsu. É bastante afetuosa e gentil com o filho, e demonstra já ter se consolado com um suposto futuro sem sucesso de Tsuna. Ama bastante Iemitsu, apesar de passarem longos períodos sem se ver. Acolhe com afeto os amigos de Tsuna, e está quase sempre cozinhando ou realizando outros trabalhos domésticos, o que lhe rendeu admiração por todos na casa. Nana não vê nada de anormal com os novos habitantes da casa, e aparenta desconhecer a relação do seu marido e de seu filho com a máfia. Em um omake, Reborn a considerou uma “Yamato Nadeshiko”.
 
MÃE QUE DÁ MEDO
Esse tipo de mãe te dá medo porque age como mandona, mas muitas vezes ela age assim porque pensa que essa é a melhor forma de criar os filhos. Seu temperamento nervoso às vezes te faz pensar que é uma maluca, mas é a sua forma natural de agir. Suas palavras são rígidas, por isso o medo do enfrentamento, e muitas vezes os filhos agem de modo a evitá-las, mesmo sabendo que isso não é uma atitude correta.
EXEMPLOS
Nodoka Saotome (Ranma 1/2) 

Mãe de Ranma, uma senhora extremamente conservadora em relação aos costumes japoneses. Aparenta ser muito serena e calma, mas Genma morre de medo dela. O que ocorre é que quando Ranma era uma criancinha, Genma prometeu à Nodoka que sairia pelo Japão para treinar seu filho e que não voltaria até que Ranma se transformasse num verdadeiro homem, e, caso isso não acontecesse, ambos cometeriam seppuku (harakiri), espécie de suicídio honroso que os samurais cometiam. Desde então, Ranma e Genma fogem de Nodoka como o diabo foge da cruz, com medo de terem que cometer o suicídio, chegando até mesmo a assumirem outras identidades perante ela.

Chichi/Titi (Dragon Ball Z)

Detesta que seus filhos Gohan e Goten saiam para lutar com seu pai Goku em “Dragon Ball Z”. Histérica, ela vive brigando com o marido e reclamando dos hábitos que levam os filhos para o “mal caminho”. ChiChi também é muito rigorosa e não suporta que Gohan perca seus estudos. Ela faz de tudo para que ele seja um bom profissional no futuro.

Bulma (Dragon Ball Z) 

Começa sua história em “Dragon Ball” como uma garota vulgar e mimada. No entanto, no decorrer das séries, ela amadurece e se mostra uma pessoa incrível. Mãe de Trunks, se for preciso, ela o protegerá com todas as suas forças e não vai poupar esforços para que o filho seja um grande guerreiro Z, por mais que seja preocupada com o trabalho.

MÃE RUIM
Esse tipo de mãe é ruim por natureza. Culpa seus filhos, dá bronca neles, bate, agem de forma indiferente e são cruéis, algumas por auto-satisfação, outras por jogarem a culpa de tudo nos seus filhos. Muitos desses filhos se revoltam, outros possuem uma natureza, culpa da criação perturbada. Não são mães muito agradáveis, mas, de qualquer modo, mãe é mãe!
EXEMPLOS
Medusa (Soul Eater)

É uma mulher muito manipuladora e enganadora, assim como uma cobra que é descrita em várias crenças. Da mesma forma que Dr. Stein vê quase todos como uma experiência, Medusa também está disposta a usar qualquer um para continuar seus planos, e por qualquer meio necessário, até mesmo a ponto de submeter seu filho à atividades de investigação exaustivas. Enquanto estava disfarçada de enfermeira da Shibusen, ela age como uma pessoa boa para poder esconder sua verdadeira natureza, enganando completamente a todos aqueles que entraram em contato com ela.

Rosa Ushiromiya (Umineko no Naku Koro ni) 

Mãe de Maria, reflete nas suas atitudes todos os problemas e traumas que possui.

Atsuko Urameshi (Yu Yu Hakushô)

Essa é a mãe mais sem noção do mundo dos animes, afinal ela é alcoólatra e vive farreando, deixando seu filho ao leu e não está nenhum pouco preocupada com a educação do filho ou com as brigas que ele se mete, mas não culpo Yusuke afinal com uma mãe dessa, boa coisa ele não poderia ser.
Apesar de apresentarem características um pouco diferentes ao expressar seus sentimentos, todas as mães sempre desejam o melhor para os filhos. É isso que as tornam iguais. Além do mais, independente do seu jeito de ser, possuem um amor incondicional, o que as tornam preciosidades nas vidas de seus filhos.
Mãe, você é minha RAINHA, eu sei que eu não te digo que eu te amo a cada 5 minutos, as vezes falo uma vez por semana, isso se eu falar, mas eu queria que você soubesse que eu te amo e amo muito, eu te amo mais do que qualquer pessoa nesse mundo. 
Você é tudo pra mim, pode parecer clichê mas é a verdade. Se eu sou quem sou hoje é por causa de você. Me desculpe por todas as vezes que te fiz chorar, me desculpe por achar que o que você me dizia era uma besteira, que era tudo blá blá blá e assim vai...
Desculpe me se não sou a filha que você queria, mas saiba que do fundo do meu coração eu te amo e muito, você é a razão de eu existir e de eu não ter medo de enfrentar os problemas e desafios da vida, porque eu sei que independente do que aconteça você vai estar do meu lado sempre e sempre com o seu jeito de ser, jeito este que eu já me acostumei também e tanto admiro.
Mãe eu te amo!

2 comentários:

  1. Ruby,faltou a nossa sogra né?? A Mikoto!!!

    ResponderExcluir
  2. ELFMAN: AMOR DE MÃE ISSO É COISA DE HOMEM!
    EVERGREEN: se a mãe é mulher, pq que lhe chamas de Homem! Idiota gostoso!
    ELFMAN: i...diot...a quê?(mt mt mt vermelho)
    EVERGREEN: N...AD..AA, RIGORASAMENTE NADINHA!!!!!!!!
    BOLO DE BAUNILHA: EI, QUEM MANDOU VÔCES APARECEREM, QUEM MANDA AQUI SOU EU, SEUS BAKAS APAIXONADOS!! agora deixem-me terminar o comentário.
    ELF/EVER: SIM, só podia ser discípula da Erza! (Falando baixinho a última parte)
    BOLO DE BAUNILHA: eu ouvi isso! (Transformando-se no Demon Halphas)
    ELM/EVER: XAUUUUUUUUUU! (Saem a correr que nem loucos)
    BOLO DE BAUNILHA: quem não gosta das mães, podem nos chatear, mas sabemos que podemos contar sempre com elas!
    TODA A FAIRY TAIL: LIIIIIIINDOOOOOO!
    BOLO DE BAUNILHA: saiam JÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! Ufa, que comentário longo!

    Kissus de bolo de baunilha!

    ResponderExcluir

http://static.tumblr.com/xpo2exu/BA1n2ccke/cred.png